segunda-feira, 20 de julho de 2009

Entrevista com Pedro Rodrigues - Júri

video

O Director do Prémio Jovens Músicos 09

video

Passagem às provas finais

Provas finais de violoncelo:

Catarina Isabel Gonçalves
Fernando José Monteiro Costa
João Gomes Matos

Provas finais de viola:

Francisco Pampulha
Mariana Blanc
Sara Arrais Barros

Provas finais de trompa:

Flávio Barbosa
Gonçalo Pedrosa
José Abreu

Eliminatórias na Escola Superior de Música de Lisboa

19 de Julho Domingo: VIOLONCELO (nível médio) : 09.00h
19 de Julho Domingo: VIOLA DE ARCO (nível superior) : 14.00h
20 de Julho 2ª feira: TROMPA (nível médio) : 10.00h
21 de Julho 3ª feira: TUBA (nível superior) : 10.00h
22 de Julho 4ª feira: SAXOFONE (nível superior) : 10.00h
23 de Julho 5ª feira: CLARINETE (nível superior) : 10.00h
24 de Julho 6ª feira: GUITARRA (nível superior) : 10.00h
25 de Julho Sábado: MÚSICA DE CÂMARA (nível médio) : 09.00h
25 de Julho Sábado: MÚSICA DE CÂMARA (nível superior) : 14.00h

Aberto ao Público
Grande Auditório da Escola Superior de Música de Lisboa
Campus de Benfica do IPL 1500-651 Lisboa

Prémios Jovens Músicos 2009

Os Prémios Jovens Músicos contam já com 23 edições. Esta competição é considerada uma das provas mais importantes para os jovens músicos que vêm de norte a sul do país, para tentarem ser um dos vencedores de um prémio que oferece não só um valor monetário significativo, como, acima de tudo, a oportunidade de tocar à frente das melhores orquestras do nosso país.

Tratando-se de uma competição onde existe rotatividade dos instrumentos em prova, por ser anual, este ano vão concorrer alunos de trompa e violoncelo no nível médio (até aos 18 anos), e de tuba, viola de arco, saxofone, clarinete e guitarra clássica no nível superior (dos 18 aos 25 anos). Também vão estar a concurso grupos de música de câmara nos dois níveis.

Esta competição divide-se em três fases: primeiramente os alunos gravam um vídeo onde tocam o repertório obrigatório, depois, os apurados pelo júri, fazem uma outra prova, que este ano se realiza na Escola Superior de Música de Lisboa (ESML), e, por fim, os que passarem à final, deslocam-se à Casa da Música, no Porto, para realizar a derradeira prova. Existe ainda um concerto final onde os laureados de cada instrumento tocam um andamento de concerto à frente da Orquestra da Fundação Calouste Gulbenkian. O participante que se destacar dos restantes vencedores recebe ainda o prémio Maestro Silva Pereira, que oferece uma bolsa de estudo fora do nosso país. Este concerto final vai-se realizar em Faro, no Teatro das Figuras.